Inteligência Emocional: abrindo as portas que nos conduzem ao sucesso

Posted on 11/10/2014

Inteligencia emocional

Há alguns anos  as emoções não deveriam ser consideradas em ambientes de trabalho.  Contudo, sabemos atualmente que tanto na vida pessoal quanto na profissional  necessitamos trabalhar as emoções para  agirmos competentemente em  momentos críticos.  As emoções são essenciais para tomarmos decisões eficazes.

Inteligência Emocional em Ação

Para se implementar a inteligência emocional é necessário o desenvolvimento de três pilares fundamentais, os quais possuem ações características :

1) Autoconhecimento (autoconsciência) – reconhecer seus padrões e sentimentos permite que você entenda “como você sente e age”.

a) Aprendizado emocional: identificar e interpretar com precisão sentimentos simples e complexos.

b) Reconhecer padrões: reconhecer reações e comportamentos emocionais que ocorrem com frequência.

 

 2)Decisão de escolhas (autogerenciamento) - responder conscientemente ao invés de reagir inconscientemente, tornando-o responsável  por seus  resultados.

a) Refletir consequências: avaliar os custos e benefícios de suas escolhas

b) Navegar emoções: avaliar, aproveitar e transformar emoções como um recurso estratégico.

c) Motivação Interna: Obter energia de valores pessoais e compromissos ao invés de ser conuzido  por forças  externas.

d) Otimismo: Ter uma perspectiva pró-ativa de esperanças e possibilidades.

 

3)Empenho  Próprio-  Alinhar as escolhas diárias com seu senso de propósito maior libera todo seu poder e potencial.

a) Melhorar a Empatia: reconhecer e responder  apropriadamente às emoções dos outros.

b) Buscar Metas Nobres: conectar suas escolhas diárias com o seu senso de propósito maior

Atuando com base nos pilares acima certamente será possível desenvolver competências efetivas que nos levarão à inteligência emocional.